Zoofilia Com meu Cachorro

Oi, meu nome é Luiz (Fictício), e hoje eu decido fazer minha primeira publicação de quando meu cachorro fudeu meu cu bem gostoso.

Mas antes disso, eu tenho 18 anos e tenho 1,83 de altura, tenho uma cu bem alargado, uma pirocona, olhos azuis e cabelos pretos.

Bom eu moro em uma casa sozinho então eu estava vendo filme pornô, por volta da 3:00 da tarde e isso me fez ficar com um grande tesão!

Então eu peguei e comecei as me masturbar e comecei a enfiar alguns dedos no meu cu, com isso eu vi meu cachorro deitado me olhando e então eu fui satisfaze-lo também, eu cheguei nele e chamei o nome dele ele veio abanando o rabinho ele era um (PINSCHER) pirocudo então fiquei com mais tesão!

Comecei a acaricia-lo alternando entre forte e fraco a carícia, com um certo tempo fui vendo que ele estava ficando excitado já, então segurei sua bolas calmamente e começei a massagea-las suavemente.

logo depois de perceber que seu pau estava todo de fora eu comecei a beija-lo e comecei a chamá-lo para minha piroca, enquanto ele chupava eu ia o masturbando.

LUIZ: Ahh, bom dognho!

Em seguida eu comecei a chamá-lo para o meu cuzinho que eu já havia o lubrificado, eu percebi que ele já véi empolgado e já subiu em mim, logo em seguida eu peguei o pau dele duro e guiei até a entrada do meu cu que já estava piscando, então ele meteu de uma fez e começou a acelerar com força.

LUIZ: Ohh, bom dognho fode seu dono fode!

Eu estava gemendo alto e delirando muito com toda aquela rola dentro do meu cu, mordi os lençóis de tanto prazer ao sentir seu pau inchar dentro de mim enquanto ele se deliciava com meu cu.

Depois de um certo tempo ele gozou dentro do meu cu e eu senti toda a porra deslizar dentro dele, depois desse dia meu cachorro me comeu sempre e está feliz e eu principalmente com um pau gostoso daqueles!

Nós dias seguintes eu ia aonde ele estava eu só chamava pelo nome ele já vinha Alegre e de pau duro eu vira meu rabo para ele como uma verdadeira puta submissa e dava gostoso para ele!

Eu gemia, usava e abusava daquele belo pau, que não consigo parar de pensar.

Ass: DESCONHECIDO

EM BREVE, MAIS HISTÓRIAS!

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *