VIZINHO ME PEGOU DORMINDO !!

Olá todos, esta situação é bem fresquinha, ela se passou ontem mesmo !

Eu estou mudando de casa, desde umas 2 semanas atrás e só no inicio desta semana eu terminei de mudar todas as tralhas e estou começando a me integrar na nova rua.

Quando cheguei, a casa estava repleta de ervas compridas, quase tapando a entrada. Então a senhoria me recomendou o vizinho do lado que era jardineiro e daria um jeito rapidinho e baratinho nas ervas assim que eu lhe pedisse. Também não havia conexão internet nem TV na casa, por isso, já que iria estar aborrecida sem entretenimento, tratei de ir logo falar com o vizinho e lhe pedir que cortasse as ervas de meu jardim.
Cheguei na frente da sua casa e o vizinho abriu a porta.
Ele já tinha alguma idade, usava uma bata verde e galochas de borracha. O senhor disse que mal terminasse a sua rega e preparasse as máquinas para o serviço ele passaria lá em casa. Eu agradeci e disse pra ele que as portas iriam estar abertas e que ele poderia entrar e iniciar a limpeza do jardim assim que pudesse.

Voltei para casa. Comi uma maçã e fiquei sentada no sofá esperando o homem.
Sem tv nem internet parecia que o tempo não passava nunca mais, e já começava a tombar a cabeça.. Sentada ouvindo musicas nos auscultadores, comecei a deixar cair os membros e me estendi deitando o meu corpo no sofá. Tentei ficar acordada e esperar pelo vizinho.
Mais de meia hora tinha passado e não havia sinal de movimento.. Pra mim parecia que tava esperando á 3 horas ali deitada no sofá..
Os meus olhos começaram a se fechar lentamente…
Eu tava sentindo que a musica me estava levando pra outro mundo… Acabei por adormecer !
O homem chegou mais tarde enquanto eu estava dormindo, claro!..
Deixei tudo aberto pra ele como combinado, esperava ele começar a devastar aquela erva.

Não esperava era adormecer! rsrsrsrs..
Estava eu dormindo, esticada no sofá, quando começo a sentir um enorme tesão em meus sonhos e em meu corpo… Aí meus sentidos voltaram e eu despertei do sono!…
Comecei a sentir alguém me tocando no meio das pernas mas não olhei, nem abri os olhos! Fingi continuar dormindo..

A musica nos auscultadores ainda estava tocando.. Eu sentia o meu vestido rosa puxado para cima e minha calcinha branca descida,um pouco a cima de meus joelhos… Isso me fez pensar no que ele deve ter feito comigo e eu dormindo!.. Pois ele conseguiu me despir sem eu acordar!…

Continuei caladinha sem fazer qualquer tipo de força em meus membros.. Eu fingia estar em sono profundo, mas mesmo assim eu conseguia reconhecer que o homem que estava me apalpando era o vizinho, abrindo os olhos um bocadinho, escondidos por minhas pestanas!!.

Depois de um tempo tocando em minha xana com seus dedos grossos, ele penetrou eles lentamente com medo de acordar meu sono..
Eu conseguia ver a sombra da sua cara olhando várias vezes pra minha cabeça, conferindo se eu não estava acordando.
Depois de ter os dedos todos entalados em minha bucecinha ele começou mexendo eles para cima e para baixo, como uma pica..

Eu estava conseguindo esconder meu tesão pois não podia me mexer, mas minha buceta não conseguiu esconder não!!.. Ela começou a escorrer cada vez mais, molhadona…

De repente senti os dedos do homem pararem. Abri meu cantinho do olho sorrateiramente, e vi ele baixando as calças tirando seu pau pra fora.. Não conseguia ver muito bem seu tamanho mas dava para ver que o homem ia me foder.
Abri minha boca pra dar mais realismo a meu sono e abri mais minhas pernas sem ele topar.
O tesudo começou a roçar a pontinha da pica na xana e eu estava ficando louca demais!.. Estava mesmo me apetecendo acordar e me oferecer pro tal vizinho jardineiro…
..mas eu aguentei. Continuei de olhos fechados.
Ele enfiou a cabecinha da rola abrindo minha xaninha fechada.. Ficou um tempo assim parado temendo eu acordar… e eu sentia minha xana piscar ao mesmo tempo que tentava fingir aquela respiração lenta de quem ta dormindo.
Aí ele continuou.. Enfiou aquele pau bem devagarinho até ao fim de minha buceta, ficando bem coladinho a mim, forçando seus braços e seu peito para cima com medo de me tocar.
Eu sentia aquele pau entalado até ao extremo e o saco quente peludo encostado na bunda…
Ele ficava algum tempo parado nas batucadas a fim de não me acordar.
Quando ele parava eu tremia por dentro ansiando que ele voltasse a me foder…

Passo a passo suas batucadas iam acelerando, pois até ele já não estava aguentando trepar devagarinho.. Ele agarrou seu saco com uma das mãos para não bater em mim nas batucadas, e começou a aumentar a velocidade, segurando no saco.
Eu tava adorando sentir ele aumentando a força e fiquei louquinha de vontade de ser fodida de lado… Comecei a me contorcer como toda a gente faz dormindo, e virei minha bunda pro lado, continuando a fingir meu sono de olhos fechadinhos.
Eu esperava que ele voltasse a me penetrar do jeito que eu fiquei, vendo que eu continuava dormindo… Mas ele se assustou com meu movimento!

Ele saiu do sofá assim que sentiu meu corpo mexer e ficou batendo punheta naquele pau tesudo me olhando despida e fodida por ele… dormindo..
(Eu conseguia observar ele, pois meus cabelos compridos cobriam meus olhos e eu podia abrir eles sem ser topada.)
Eu estava doida no meio daquela situação..
O tesão me dominava e a emoção era tanta que fui capaz de gemer na frente do homem… Comecei a fingir que estava sonhando e fiquei fazendo sons de orgasmo como se estivesse gozando em meu sonho..
O homem acelerou o passo da punhetada ouvindo meus gemidos…
Em meu campo de vista eu vi o tronco do homem se aproximando, sempre punhetando.. Eu esperava que ele viesse me foder de novo mas ele veio apenas baixar meu vestido e puxar minha calcinha pra cima…

Sempre punhetando enquanto me arrumava, ele subiu para meu peito.. Abriu os 4 primeiros botões da minha camisa larga e agarrou meus seios apertando e massando eles.. Esticou a sua pica tesa e passou ela em meus mamilos durinhos.. Punhetou novamente me olhando deitada… Voltou a se aproximar e passou a pica em minha boca semi aberta…
Esfregou a cabeça da pica em meus lábios molhados de estar salivando e voltou a se punhetar outra vez, muito agressivamente, agarrando uma de minhas mamas no mesmo tempo..
Seu pau parecia estar rebentando de inchaço e seus joelhos já estavam tremendo.. Aí seus olhos se fecharam e seu leite saiu disparado pro chão, perto do sofá..

O homem atrapalhado, despiu seu casaco e limpou a porra com ele ficando apenas de t-shirt.. Sempre me olhando pra ter certeza que eu estava dormindo, ele foi saindo lentamente como um rato, com o casaco ensopado de porra na mão..
Eu continuei sempre deitada fingindo dormir e esperei que o vizinho tarado fosse embora para me tocar e gozar também !

Assim que a porta bateu e ouvi a máquina de cortar a erva trabalhando no jardim, comecei a me masturbar enfiando um dedo no cuzinho e outro na bucetinha.. Comecei a me lembrar do que tinha acontecido ali e rapidamente gozei tesuda e soada, estendida no sofá..

Quando me levantei eu vi que o vizinho ainda estava acabando de arrumar o jardim e não tive coragem de aparecer na frente dele.. Eu acho que ele iria reparar na minha cara e iria topar que eu estive acordada.. então não apareci e fingi estar dormindo de novo..
(Adormeci mesmo um tempo mais tarde)
Quando acordei, já muito tarde, eu fui em direção da cozinha pra comer alguma coisa e encontrei um papel em baixo da porta. O bilhete era do homem dizendo:
‘Menina, como aparenta estar ausente eu deixo este bilhete avisando voce de que pode passar em minha casa para pagar o serviço de jardinagem feito esta tarde.’

Isto se passou na tarde de ontem.. Hoje, finalmente, o técnico de instalação veio cá em casa ligar a internet e eu vim logo acessar e escrever pra vocês a delicia de tarde que passei.
Já devia ter ido lá dar o dinheiro pro vizinho mas ainda não sei como reagir..De qualquer forma terei de pagar minha divida, por isso irei lá hoje ou amanhã, sem falta.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *