Minha primeira vez com minha filha

Meu nome é Rogério tenho 46 anos e viúvo a 10 anos e desse relacionamento uma filha hoje com  24 anos confesso que no começo foi difícil porque toda nossa família morava longe então acabei tendo que cuidar dela sozinho. Sempre tivemos relacionamento amável ela era muito apegada a mim e eu a ela,o tempo foi passando tentei me relacionar com outras mulheres mas não passaram de aventuras,Minha filha nunca se opôs mas sempre me cercava de muito carinho e acho que isso as incomodavas. O tempo passou e minha filha já era um mulherão com um corpo invejável ela era pequena tinha seios lindos e uma bunda de admirar não demorou muito pra conhecer as maravilhas da vida.mas apesar de tudo não abria mão de passar o maior tempo possível comigo as vezes até dormia na minha cama as vezes só de babydoll e em noites muito quente só de calcinha,as vezes ficava rebolando aquela bunda no meu pau fingindo que tava dormindo e quando ele ficava duro dava um jeito de virar e pegar nele eu olhava pra ela e ela continuava de olho fechado confesso que no começo estranhei aquilo mas depois o desejo começou a se apossar de mim.eu ficava olhando ela andando pela casa bem a vontade ficava imaginando eu pegando ela de quatro colocando ela pra chupar ou eu comendo aquela bucetinha toda molhadinha,as vezes ela me notava e fazia uma cara de safada eu sentado no sofá assistindo tv ela vinha e sentava no meu colo só pra sentir meu pau duro.
Nas férias eu aluguei uma casa no campo queria sair um pouco da cidade respirar um ar diferente minha filha disse que ia também porque seria um final de semana inesquecível,saímos logo de manhã chegamos na casa colocamos as malas nos quartos e fomos conhecer os arredores. A casa tinha tudo que precisávamos ,uma piscina convidativa que não resistimos pulamos na mesma hora nem percebemos que estávamos de roupa minha filha veio jogando água brincando e me abraçou ficando sua boca perto da minha não sei bem como mas foi inevitável ela me deu um beijo de língua me deixei levar passei a mão na bunda dela meu pau queria pular pra fora de tanto tesão. Ela me olhou com uma cara de tarada e não disse nada só saiu da piscina rindo e pulando. Me acalme sai da piscina entrei na casa passei pela sala notei que ela estava eufórica falando no celular deixei ela lá e fui tomar um banho sai e fui pro quarto deitei só enrolado na toalha ela também tomou banho e entrou no meu quarto só de toalha e com um creme hidratante pedindo pra mim passar nela. Na hora meu corpo já começou a dar sinal ela tirou a toalha de costas e deitou na cama eu comecei a passar a mão no corpo dela e quando chegava naquela bunda maravilhosa ela se contorcia e dava gemidinhos no mesmo instante eu comecei a me masturbar ela percebeu o que estava acontecendo virou de uma vez e pegou nele confesso que naquela hora não queria saber de mais nada a não ser a invadir aquele corpo gostoso.ela olhava pra mim e dizia” quero que meu pai me coma gostoso quero ser a puta dele”eu imediatamente fui descendo pelo seu corpo chupei aqueles seios gostosos a cada mordida nos bicos ela gemia alto e pedia pra comer ela eu fui descendo e beijando até chegar no meio das pernas abrir aquela bucetinha rosadinha chupava gostoso ela se contorcia e gemia a cada gemida pedia meu pau mas queria antes sentir aquela boca e falei que estava na hora da mamada e coloquei ela de joelhos e disse “chupa o papai chupa!”ela chupava e  deixava meu pau todo babado ficamos nessa até não resistimos mais então eu a coloquei de quatro e a possui tão intensamente que ela gozava e gemia ficamos transando em todas as posições ate gozarmos depois a levei para o chuveiro onde transamos de novo dessa vez peguei ela de costas e comi seu cuzinho ainda virgem .
Ficamos o fim de semana todo só transando era em todos os cômodos da casa até na piscina,hoje somos amantes perfeitos ela passou a dormir no meu quarto e transamos todos os dias,na próxima vou contar como eu comi minha filha e minha sobrinha.

One Comment

  1. Avatar

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *