Metendo na coroa boazuda

Era um domingo, dia de sol quente, eu louco pra ir a praia com a galera, mas meus pais insistiram que a família tinha que ir no aniversário do seu João( patrão e grande amigo do meu pai), eu pensava, “ com 21 anos, podendo ir pra praia curtir e pegar um mina quem sabe, mas não, vou pra um aniversário cheio de coroas por obrigação”, assim fomos.
Chegando la, meu pai foi logo fala com seu João e lhe da os parabéns, minha mãe se juntou com as outras mulheres, eu então fiquei deslocado. De repente meu pai me apresenta o chefe dele.


_ mas o guri cresceu pra porra heim Tonhão. Disse seu João a papai que me exibia com orgulho. De fato eu não via seu João e a esposa dele a uns 5 ou 7 anos, mas uma coisa não tinha mudado, seu João ainda gordo e careca, já dona Neuza (esposa dele) continuava uma bela mulher, ou melhor, um baita mulherão, mesmo beirando os 50 anos, estava inteirassa, usava um vestido branco floral que destacava o corpo violão dela, aquela pele morena que estava bem cheirosa, pude sentir logo que ela me abraçou.
_ quanto tempo Toninho. Disse ela ao me abraçar, esse era meu apelido (vindo de Antonio Junior), agora eu era um rapagão, moreno meio escuro, 1.84 de altura, corpo forte por que treinava futebol na faculdade
Depois do almoço encherem um piscina de plástico dessas grandes, foi quando vi dona Neuza vindo, não consegui resistir em não olhar, a puta usava um biquíni, ou melhor, um fio dental que deixava todo seu corpão a mostra, ela entrou na piscina junto com minha mãe e mais duas coroas( todas sem atrativos perto da dona Neuza kkk), começaram a banhar e se jogar água, eu estava perto ouvindo música com meu fone de ouvido no celular e olhando de canto de olho para aquele rabo monumental da dona Neuza, foi quando ela falou baixinho para mamãe e as outras.
_ ele ta fazendo tratamento, faz quase 1 ano que não sei o que é um pau menina. Ela dizia sem perceber que eu escutava, aquele velho então não tava dando conta da dona Neuza, certamente velho e bebendo como ele estava eu já podia imaginar. E ela continuava a falar “ tem noites que fico louca na piriquita querendo dar e não tem como kkkkk” falava ela baixinho, as outras só riam.
Depois mamãe me chamou para entrar na piscina, estava quente. Eu disse que não, mas as coroas começaram a mandar, bando de tarada eu pensei, tirei a camiseta, estava de calção preto e de pau duro vendo dona Neuza, pensei “ caralho, elas vão vê meu pau marcando”
_ mas só entra se for de sunga, nada de roupa. Disse dona Neuza, eu respondi que estava sem sunga.
_ para de graça menino, essas cuecas boxes que vocês usam parecem sunga mesmo. Respondeu mamãe. Dei uns minutos para meu pau relaxar kkk e tirei o calção, usava uma boxe branca, a mulherezada( bando de coroa por sinal) tudo ficaram de olho em mim, enquanto os maridos a essa hora bebiam e falavam de trabalho e futebol.
Olhando dona Neuza meu pau voltou a ficar em ponto de bala kkkk, me abaixei na agua e fiquei apenas de molho, depois de uns 20 minutos elas saíram e ficaram conversando, dona Neuza já bem bronzeada de sol passava um hidratante no corpo, “caralhoooo” eu pensava olhando. As horas passaram, maioria do povo foi embora, a cerveja acabou, papai e os outros homens saíram para comprar mais, mamãe, dona Neuza e mais umas 2 coroas conversavam ainda.
_ será que ainda ta aberta, vamos lá Claudia. Disse uma delas a mamãe, ao que pareciam iam na farmácia comprar algo, creio que era absorvente, a outra coroa foi também.
Dona Neuza se levantou e disse que ia tomar um banho e trocar de roupa, eu disse se poderia também, já que estava com frio, ela riu e disse sim.
_ vou primeiro, me da uns 5 minutos, você entra no quarto e pode usar o chuveiro. Falou ela se referindo a chuveiro do quarto dela, já que o chuveiro do banheiro social da casa estava quebrado pelo que ela falou.
5 minutos depois , na verdade 3 minutos hehehee eu segui atrás, tirei minha cueca molhada e fiquei peladão, dona Neuza saiu do banheiro com a toalha enrolada na cabeça e pegou um susto, estava pelada, a buceta bem marcada de sol, alias bucetão, eu pedi desculpas, disse que achava que ela já tinha terminado e tinha ido para a cosinha da casa que era do outro lado, ambos rimos.
_ meniniooooooo. Disse ela, me olhando dos pés a cabeça e babando olhando meu pau que logo ficou durasso.
_ pow desculpa dona Neuza, de verdade ,a senhora é mó, é mó, enfim, a senhora é mó gostosa e, foi mal… Eu falava tentando me desculpar.
_ tudo bem, gente, mas você tem um membro muito grande menino, nunca vi um assim kkk. Falou ela e riu, alias meu pau é bem grande mesmo , 23 cm e bem grosso.
Ela ficou me olhando.
_ olha, bom se ficar só entre nós… Falou ela, nesse momento eu conclui seu pensamento e a agarrei, beijei aquela boca carnuda de puta experiente, a joguei na cama de pernas abertas, olhei aquele bucetão que começava a pingar mel, cai de boca e chupei com vontade, minha barba rasa ia roçando seu bucetão, ela gemia de tesão com as pernas pra cima.
_ safada. Eu dizia apertando sua bunda com força.
_ hummmmmmmm, deliciaaa, me fode. Dizia ela.
Dei uns tapãos naquela bunda carnuda.
_ abre com as mãos esse rabo puta. Eu dizia;
Fui metendo meu pau já com força, tínhamos pouco tempo, meu pau era grosso e foi rasgando a buceta dela, a vadia gemia e pedia mais. Comecei a bombar em cima dela. Um vai e vem que me deixava louco.
_ issooooo, issoooooo, assimmmm, ahhhhhhhhh. Gemia ela.
Não aguentando por uns minutos tive que gozar antes que o povo voltasse. Gozei litros de leite dentro da vagabunda, pensei “ essa buceta agora é minha kkkk”.
Nos lavamos rápido e voltamos, pra nossa sorte as coroas iam chegando, não fomos pegos por 1 minuto kkkk.
Uma hora depois já de noite vi o marido dela dizer .
_ tem hidratante escorrendo pela sua perna mulher, vai limpar. Ele só não sabia que era minha porra ainda escorrendo da buceta dela kkkkk.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *