Lambendo o cuzinho da esposa

Oi amores, sou a Paula casada com o Alex,

Desde que transformei meu marido em um corninho manso nosso nível de tesão subiu muito, estamos transando muito mais agora, nosso desejo um pelo outro foi renovado e nosso amor também, somos um casal muito unido. Agora prometido no conto anterior vou contar minha tara, o que me deixa mesmo louca de tesão, e ele sabe disso e me provoca muito, meu fetiche sempre foi meu ponto fraco.

Ele adorava me ver transando com outros homens na nossa cama, só sexo anal, a bucetinha é só do meu maridinho,  e eu aproveitava muito das fantasia dele, ser penetrada e observada é muito bom, mas melhor ainda é a parte que ele vem me lamber, isso sempre me leva as nuvens por que ele lambe meu cuzinho, eu sempre tive esse fetiche de ser lambida e chupada no ânus, confesso que sou viciada.

Nessa vez passei a noite dando o cuzinho para um macho que conhecemos numa festinha de aniversario da empresa do meu marido, terminamos a foda e meu marido levou ele até a porta e eu fiquei na cama, estava cansada e adormeci, de manhã acordei com meu marido do meu lado, acordei com tesão e empinei meu bumbum para ele que rapidamente arrancou meu fio dental e foi beijando minha bunda e eu meio sonolenta adorei, fechei os olhos e fiquei ali aproveitando.






Ele aproximou do meu ânus  e ficou cheirando, lentamente foi tocando sua língua bem no meio do meu cuzinho, eu piscava como um convite para ele, então ele começou a lamber e chupar meu cuzinho, cada piscada ele penetrava sua língua dura que entrava toda dentro do meu cuzinho, eu de tanto tesão fazia força e no auge do meu prazer soltei um peidinho, senti meu cuzinho abrindo e saindo meu ar, pensei que ele ia assustar, muito pelo contrario, quando eu estava aberta ele meteu mais ainda sua língua pra dentro do meu cuzinho e começou a se masturbar, ele batia punheta como um louco de tesão. Ele tinha muito tesão quando eu soltava uns peidinho e eu adorava e ficava muito excitada, ele abria minha bunda forçando me a peidar mais, fiquei de quatro e soltei mais alguns, e ele me lambia muito.

Voltei a deitar e fiz muita foça no cuzinho sentia sua língua lambendo dentro de meu cuzinho, quando senti algo duro saindo de dentro de mim, eu morria de tesão nessa hora, senti sua língua tocando e abrindo eu cuzinho vermelhinho, ele socava muito fundo e tocava outa vez, fiz força para sair e senti meu cu rasgando por dentro quando saiu um pequeno coco, caiu na cama e ele nem ligou ficou vidrado no meu cuzinho pedindo maias, nessa hora vi ele gozando em cima de minha bunda e pedindo para eu fazer de novo, fiz força e comecei a cagar muito na nossa cama, por final ele começou a lamber meu anus limpando completamente, eu estava toda gozada, foi a gozada mais saborosa que eu tive em todos esses anos de casada.

Ficamos loucos de prazer,  sempre que tenho vontades peço ele para me limpar com a língua, esse é nosso fetiche maior.

Tags:,

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *