Coroas Gostosas A madrasta safada

Depois que meu pai se separou ele começou a sair com várias meninas jovens. Foi assim que eu acabei conhecendo a garota desse conto, minha madrasta safada…

Eu morava com minha mãe, mas às vezes passava uns dias na casa do velho…

Quando eu estava lá, já não me espantava de encontrar garotas andando de lingerie pela casa dele… Quem geralmente se espantava eram elas…

Isso provavelmente acontecia por ele não contava que tinha filhos, muito menos que o filho era da mesma idade delas…kkk

Falando em ser da mesma idade, algumas vezes eu já acabei encontrando colegas de escola lá na casa dele, mas a história de hoje não é sobre nenhuma delas…rs

Depois de ficar com muitas garotas, meu pai finalmente começou a se relacionar mais seriamente com uma moça…

Ela era muito legal, sempre que eu chegava na casa do meu pai ela me recebia com abraços apertados, presentes, fazia minha comida favorita, etc…

Depois de quase um ano namorando meu pai, chegou o dia do aniversário dele…

Ela queria preparar um presente especial pra ele e resolveu pedir minha ajuda pra escolher…

O presente…

Ela resolveu presentear meu pai com o que ele mais dizia gostar… Ela mesma… kkk

Comprou uma lingerie toda transparente, uma bota de salto, e me enviou uma foto usando, perguntando o que eu tinha achado do presente…

Quando recebi aquela foto meu pau ficou duro na hora…

Que vontade de foder minha madrasta! Mas não tinha como falar isso né?kkk

Então só falei que meu pai provavelmente ia adorar…

Ficamos conversando por mais um tempo e surgiu uma ideia…

O ensaio sensual…

Tive a ideia de falar pra minha madrasta fazer um book de fotos sensuais pra dar de presente por meu pai e obviamente, me ofereci pra ser o fotógrafo…rs

Pra minha surpresa ela adorou a ideia! Passamos mais alguns dias conversando sobre o ensaio…

Ela conseguiu arrumar até um local pra gente fazer as fotos sem meu pai saber!

Eu consegui uma câmera emprestada com um amigo, afinal câmera de celular não ia ficar bom o suficiente né…

E finalmente chegou o dia…

Pra não criar suspeitas, a gente marcou de se encontrar no local, mas mal sabia eu que ela tinha um outro plano para aquele dia…

Um presente pra mim…

Chegando no local, ela me mandou uma mensagem falando que a porta já estava aberta, pra eu entrar e trancar… Foi o que eu fiz…

Ao ouvir a porta da casa fechando, ela lá do quarto falou, vem cá me ajudar… Então deixei minhas coisas na sala e fui…

Chegando lá ela estava deitada na cama, pelada, com nutella nos seios…

E me falou, bom, seu pai vai ganhar um presente no aniversário dele, mas acho que você também merece um presente de páscoa…

Meu pau ficou tão duro com aquela situação que nem dava pra disfarçar…

Ela continuou falando… Me perguntou se eu não percebia que ela sempre foi afim de mim…

Agora tudo fazia sentido, ela não queria me agradar porque namorava meu pai, mas sim porque estava afim de mim!

Eu estava perplexo com aquela situação… Percebendo minha timidez ela resolveu tomar a iniciativa…

Sentou-se na cama, me chamou pra sentar ao lado dela e colocou a mão no meu pescoço…

Disse no meu ouvido que eu não precisava falar nada, só fazer…

Seja um bom garoto…

Ainda com a mão no meu pescoço, ela guiou minha cabeça até seus peitos pra eu começar a chupá-los…

Quanto mais eu chupava aqueles peitos, mais os mamilos dela ficavam mais duros, assim como meu pau…

Minha calça chegou a ficar até parecendo uma tenda de tão duro que meu pau ficou…

Nossa, como minha madrasta era safada e fogosa, e eu nem desconfiava…

Ela então colocou a mão por dentro da minha calça tirou meu pau de lá e começou a me masturbar enquanto eu terminava de chupar os seios dela…

Depois de chupar toda nutella que estava nela, ela falou que era a vez dela me chupar…

Me empurrou pra deitar na cama, e jogou um monte de nutella no meu pau…

Ela viu que eu estava com muito tesão, e falou, calma, não goza agora que você ainda tem que me foder meu safado…

Então ela parou de chupar e montou em cima de mim…

Ela rebolava e roçava o grelo dela em mim… Depois ela agachou e começou a quicar em cima da minha rola…

A buceta dela deixava meu pau todo melado, ela gemia e balançava os cabelos loucamente…

De frente, pra eu ver os seios dela balançando e depois de costas pra eu ver meu pau entrando naquele rabão…

Depois de dar um show em cima de mim, ela ficou de quatro e pediu pra foder cú dela…

Ela era insaciável, quanto mais eu metia, mais ela pedia pra eu botar tudo, meter mais forte, mais rápido, puxar o cabelo…

Foi tanto tesão que depois de algumas bombadas naquele rabo eu gozei dentro dela, e o tesão era tanto que mesmo assim meu pau não amolecia…

Ela pediu pra continuar metendo, porque ela estava quase gozando também… Foi então que de repente a buceta dela começou a jorrar e molhar todo o lençol…

Ela ficou com a perna bamba e eu também, então resolvemos descansar um pouco…

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *