Carona na Chuva

Estava na cidade no ponto de ônibus esperando para por ir para casa  morava no interior, minha casa ficava a 30 minutos de onde eu estava, já era de tardezinha, quando escutei a buzina, Pi BIT! Era minha cunha a namorada de meu irão que também estava indo pra minha casa vê-lo. Era a Rebeca, menina muito gostosa, estaca com um shortinho branco curtinho, chega estava aparecendo as polpas da bunda, aliás uma bunda maravilhosa,
muito grande, coxas grossas e tinha um pacote muito grande, aquela xereka devia ser muito suculenta. Ela buzinou de novo e falou vamos, estou indo pra lá também. Subi na moto e fomos pela estrada de chão, eu estava atrás na moto só filmando aquelas coxas

maravilhosas, e aquele rabão gostoso esfregando no meu cacete, que aliás já estava duro e esfregando naquele rabão gostoso, ela tinha um cheiro muito bom, aproveitei e abracei a cintura dela e fiquei ali me esfregando . Precisamos parar por causa da chuva, ficamos ali naquele deserto esperando a chuva passar, não pude esconde meu pau esta levantado de tão duro, ela olhava e tirava as vistas, mas aquele shortinho dela molhado eu estava vendo aquele tabacão todinho na minha frete, ela estava de fio dental e tinha um lacinho atrás! nossa, que tesão! Vc esta tremendo de frio né? Perguntei a ela. Ela balançou a cabeça que sim, vou ficar perto de vc pra gente se esquentar um pouco, abracei! e meu pau encaixou certinho no meu da bunda dela, que se afastou do susto mas logo encostou de novo sem falar nada, ela ficou mexendo o bumbum, e pra me provocar empinava ele todinho pro meu lado. Desci minha mão na barriguinha dela até a xereka, massageei o clitóris dela, era grande, pude ver por cima que ela estava com os olhos fechados e mordendo os lábios, falando; não! E seu irmão? Não falei nada só continuei aquela gata já estava toda meladinha, com a outra mão amassava os peitos dela, que eram grandes e suculentos. Ficamos ali abraçados, ela estava curtindo o momento como uma gata no cio,  e eu apalpei a buceta dela, encheu minha mão, percebi que tinha os lábio vaginas muito carnosos, seu clitóris me excitava muito estava duro, imaginei meu irmão chupando ele e gozando dentro daquela xana maravilhosa! Hum, ela arrancou meu pau para fora e começou a punhetar, ela era experiente, ficou de joelhos e começou lambendo minha bolas, lambia todo meu pirulito, chupou só a cabecinha e já estava derramando porra para fora, aquela sensação era maravilhosa eu sentia que minha porra esta muito quente,  e ela lambendo bem calmamente, cada lambida ela engolia com muito gosto pensei logo, ela lambendo e engolindo meu irão, nossa! Humm, de repente ela engoliu meu pau até o fim,ela queria mesmo era sentir minha gala quente dentro dela, e eu terminei a gozada no fundo da garganta dela, quase não parava de gozar, deslizei minha rola devagarzinho de dentro dela e ela continuava a me chupar. Ela disse: vc tem o mesmo gosto do seu irmão!

 Terminamos a chuva já tinha parado e seguimos a viagem até minha casa, não falamos mais no assunto depois.

 

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *